segunda-feira, 27 de junho de 2011

historia do lutador do wwe the undertaker

Mark Willian Calaway (Houston, 24 de março de 1965)[4] mais conhecido pelo seu ring name The Undertaker, é um lutador de wrestling profissional estadunidense e ator, que atualmente trabalha para WWE no programa Smackdown.

Índice

[esconder]

[editar] Mídia

Mark Calaway apareceu em 1991 no filme Suburban Commando. Ele também apareceu em episódios de Poltergeist: The Legacy e Celebrity Deathmatch, em 1999.
Em 2005, a Pocket Books lançou o livro Journey into Darkness: An Unauthorized History of Kane, que referiam-se sobretudo com Kane, mas também incluiu Undertaker como seu irmão, embora não estejam relacionadas na vida real. Em 6 de novembro, foi anunciado que Undertaker estaria em seu próprio longa-metragem que iria focar-se em sua origem e muito mais sobre seus poderes. Ele também estrelou em um filme sobre a vida pessoal dele.

[editar] Vida Pessoal

Mark Callaway graduou-se Waltrip High School em 1983, onde ele era um membro da equipe de basquetebol. Calaway primeiro casou com Jodi Lynn, em 1989, e tiveram um filho, Gunner, nascido em 1993, antes do casamento terminou em 1999. Mark Calaway se casou com sua segunda esposa, Sara, em St. Petersburg, Flórida, em 21 julho de 2000. O casal teve duas filhas juntos Chasey (nascido em 21 de novembro de 2002) e Gracie (nascido em 15 de maio de 2005). Em 2007, ele e Sara se divorciaram e ele foi ligado romanticamente com a colega lutador Michelle McCool, com quem se casou em 26 de junho de 2010 em Houston, Texas.
Calaway é um ávido fã de boxe e levou a bandeira dos Estados Unidos, enquanto líder da equipe Pacquiao ao ringue durante a luta Pacquiao vs Velázquez em 2005. Isto também foi confirmado por seu colega lutador Batista em entrevista na televisão para a notícia das Filipinas programa de TV Patrol Mundo. Calaway é também um ávido fã de artes marciais mistas e participou de vários shows Ultimate Fighting Championship.
Calaway investe no mercado imobiliário com parceiros de negócios Scott Everhart. Calaway e Everhart terminou a construção de um prédio de US $ 2,7 milhões em Loveland, Colorado, chamado "O Catahart", uma junção de seus sobrenomes. Calaway e sua esposa Sara estabeleceu a Zeus Compton Calaway Salve o fundo de Animais no Texas A & M College of Medicina Veterinária e Ciências Biomédicas para ajudar a pagar os tratamentos que salvam vidas para os cães de raças grandes.

[editar] Carreira

[editar] Ínicios da Carreira

Mark estreou no Wrestling em 1984, na World Class Championship Wrestling, em numa luta em Dallas, no Texas, com o ring name, Texas Red, um personagem mascarado. Nos primeiros anos na empresa, vinha a ter feud com Bruiser Brody. Calaway saiu desta empresa em 1988, que de lá foi para United States Wrestling Association, e uns de seus primeiros ring names foi The Commando. Mudou seu ring name para Master of Pain, a gimmick que marcou mais impacto na empresa. Derrotou Jerry Lawler para obter o primeiro título, o USWA Unified World Heavyweight Championship, em 1 de abril de 1989.

[editar] World Championship Wrestling (1989-1990)

Em 1989, Callaway afirmou-se na WCW com o nome de "Mean" Mark Callous. Logo, criou dupla com outro gigante, Dan Spivey. Juntos, eram conhecidos com Skycrapers, tendo como principal rivalidade os Road Warriors. Depois, Spivey abandonou o grupo e Callaway uniu forças com Paul E. Dangerously, estabelecendo rivalidades com Lex Luger, com o qual protagonizou o seu melhor e mais conhecido combate na WCW pelo título dos EUA da NWA. Ficou por um breve tempo na New Japan Pro Wrestling, como Punisher Dice Morgan. Callaway assinou um contrato com a WWF em Outubro de 1990.

[editar] World Wrestling Federation / World Wrestling Entertainment (1990-presente)

[editar] Estréia e varias Feuds (1990-1994)

Com um novo nome e personagem, Callaway estreou na World Wrestling Federation em 22 de Novembro de 1990, no pay-per-view Survivor Series sendo o parceiro misterioso de Ted DiBiase, e seu ring name era Kane The Undertaker, que logo, por decisão de Callaway, resolveu fazer uma correção no nome. Agora conhecido como The Undertaker, Callaway rapidamente marcou impacto na WWF, graças ao seu aspecto de coveiro do "faroeste", cheio de misticismo, marcado por uma música sombria e um figurino assustador.
Já em 1991, agora com um novo manager, conhecido como Paul Bearer, The Undertaker fez a sua estréia em uma WrestleMania, mais precisamente na WrestleMania VII, onde derrotou sem muita dificuldade "Superfly" Jimmy Snuka. Seguiram-se rivalidades com Ultimate Warrior e Randy Savage. No entanto, o seu primeiro ponto alto da carreira surgiria um ano depois da sua estréia, no Survivor Series 1991, enfrentando, na altura, o campeão da WWE, Hulk Hogan. Com uma ajuda exterior de Ric Flair, Undertaker ganhou o seu primeiro título na WWE. No entanto, viria a perder esse mesmo título 6 dias depois para o mesmo Hogan.
Entre Dezembro de 1991 e Setembro de 1993, Undertaker não perdeu um único combate, sendo este feito, a maior série de vitórias durante a década de 1990.
Em 1992, Undertaker rivalizou com Jake "Snake" Roberts, tendo este intenso confronto culminado na WrestleMania VIII. Seguiram-se novas rivalidades com Kamala e com o gigante de 2,31 m, Giant González. Undertaker enfrentou Gonzaléz em dois pay-per-views: WrestleMania IX e SummerSlam 1993, saindo de ambos vitorioso. No ano de 1994, surgiu uma nova rivalidade para Undertaker, Yokozuna. Entre os principais combates entre ambos, destaca-se o Casket match do Royal Rumble do mesmo ano, onde Undertaker perde o combate, devido ao ataque que sofreu de vários lutadores que vieram em auxílio a Yokozuna, que a partir daí Undertaker passou a ser considerado morto-vivo (Kayfabe), dizendo em um telão que voltaria do mundo dos mortos para vingar-se de Yokozuna. A rivalide permaneceu por vários combates, que em um deles, Undertaker teve como um de seus managers, o ator Chuck Norris.
Mais tarde, surgiria um falso Undertaker, Brian Lee, comandado por Ted DiBiase, que rivalizou com o verdadeiro Undertaker num empolgante combate no SummerSlam 1994. O verdadeiro Undertaker saiu vencedor do combate após três Tombstone Piledriver consecutivos, mostrando quem é o verdadeiro "fenômeno" da WWE. Após esse combate, o falso Undertaker foi jogado em um caixão e levado para fora do ringue por druidas.

[editar] Retorno, várias storylines e Feud com Mankind (1994-1997)

Paul Bearer
Ao longo de 1995, Undertaker rivalizou com os carrascos de DiBiase, entre os quais I.R.S. e King Kong Bundy. Undertaker derrotou Bundy na WrestleMania XI. Devido a novos conflitos com Yokozuna e King Mabel (Big Daddy V), Undertaker sofreu uma lesão na órbita ocular, o que o levou a combater com uma máscara branca (similar à máscara que Kane usou durante o período de (1997-2001).
Em 1996, Undertaker já estava desmascarado e surgiu uma nova oposição: Diesel. A rivalidade entre os dois culminou em Anaheim, casa da WrestleMania XII, onde Undertaker mostrou todo o seu poder dentro do ringue, derrotando Diesel, aumentando a sua série de invencibilidade em combates na WrestleMania. Em 1996, uma nova rivalidade surgiu no caminho de Undertaker, de nome Mankind. As suas interferências custaram muitos combates a Undertaker, tendo os dois se encontrado pela primeira vez no King of the Ring 1996. A rivalidade entre ambos foi se intensificando, com combates nos bastidores, em diversas partes da arena e até entre o público. Deste modo surgiu o primeiro combate Boiler Room Brawl, no SummerSlam 1996.
Undertaker e Mankind viriam-se a encontrar mais vezes durante o ano de 1996, no entanto a sua rivalidade tinha atingido um patamar extremamente elevado, o que culminou com um intenso combate designado por Buried Alive, no pay per view In Your House 11. Durante o resto do ano, Mankind continuou no caminho de Undertaker, tal como os subordinados de Paul Bearer, o qual havia traído Undertaker no SummerSlam desse mesmo ano.
Depois da traição de Bearer, a rivalidade entre Undertaker e Mankind chegou a outro nível, o que resultou numa luta Buried Alive, no In Your House: Buried Alive. Undertaker vence depois de colocar Mankind na cova com um chokeslam, e enterrá-lo em seguida. No final da luta, The Executioner, acompanhado com Paul Bearer, estreiou na WWF, atacando Undertaker e desenterrando Mankind para poder "enterrar vivo" o vencedor do combate.
Undertaker e Mankind se enfrentaram no Survivor Series, com Bearer a 12 metros de altura numa jaula. Se Undertaker vencesse, ele poderia colocar suas mãos em Bearer. Depois da luta, quando Undertaker ia por suas mãos em Bearer, The Executioner o atrapalhou e Bearer fugiu.
Mais tarde, Undertaker conseguiu sua vingança e derrotou The Executioner. No fim de 1996, Undertaker entrou numa rivalidade com outro enviado de Bearer, Big Van Vader. No Royal Rumble, Undertaker perdeu para Vader depois da interferência de Bearer. Depois disso, Undertaker colocou sua atenção no título da WWF.

[editar] Hell in a Cell e feud com Kane (1997-1998)

Na WrestleMania 13, Undertaker derrotou Sycho Sid numa luta sem desclassificação para ganhar o título da WWF. Depois da luta, Bearer anunciou para todos que Undertaker havia posto fogo na casa de seus pais e matado todos, menos seu irmão, Kane, que depois de tantos anos, ia se vingar. (kayfabe)
Durante o ano, Undertaker derrotou vários lutadores para reter o título da WWF, como Shawn Michaels, Vader, Faarooq e Steve Austin. No SummerSlam 1997, Shawn Michaels, como juiz especial, acertou acidentalmente uma cadeirada em Undertaker, lhe custando o título contra Bret Hart. Foi o começo da rivalidade entre Undertaker e a D-Generation X.
Apesar da cadeirada ter sido acidental, Michaels fez o mesmo feito nas semanas seguintes no RAW is WAR. Os dois se enfrentaram na In Your House: Ground Zero e na In Your House: Bad Blood, no primeiro combate Hell in a Cell. Durante a luta no Bad Blood, o irmão de Undertaker (kayfabe), Kane, fez sua primeira aparição atacando Undertaker e aplicando o Tombstone Piledriver, golpe assinatura de Undertaker. O ataque de Kane custou a Undertaker a luta.
Durante as semanas seguintes, Paul Bearer e Kane constantemente desafiaram Undertaker para lutar, mas ele sempre recusou. Undertaker novamente enfrentou Shawn Michaels no Royal Rumble 1998 numa luta Casket. Novamente, Kane interveio e deu a vitória a Michaels. Depois, ele e Bearer botaram fogo no caixão onde estava Undertaker, mas quando foram abrí-lo, notaram que Undertaker sumira. Depois de 2 meses, Undertaker enfrentou Kane na WrestleMania XIV e venceu depois de três Tombstone Piledrivers.
Undertaker e sua gimmick de "American Bad Ass" na WrestleMania XIX
Os dois se enfrentaram novamente em In Your House: Unforgiven, na primeira Inferno Match, onde o vencedor é aquele que jogar seu oponente no fogo. Undertaker venceu quando jogou o pé direito de Kane nas chamas. A rivalidade de Undertaker com Mankind retornou quando este custou a Undertaker uma luta contra Kane, valendo uma chance pelo título. Os dois se enfrentaram numa das mais brutais lutas da história, o segundo Hell in a Cell em um King of the Ring, onde Mankind foi atirado de 15 metros de altura na mesa dos comentaristas espanhóis, Carlos Cabrera e Hugo Savinovich e logo depois, sofreu um brutal Chokeslam de Undertaker no topo da cela, rompendo a jaula. Undertaker venceu o combate após um Tombstone Piledriver.

[editar] Ministry of Darkness (1999)

Em janeiro de 1999, Undertaker formou o Ministry of Darkness, o desenvolvimento de uma personalidade mais mal e explicando que estava recebendo ordens de um poder "superior". Muitas vezes ele apareceu em um vestido preto e sentado em um trono. Com a ajuda de seu grupo Satânico ele fez varios sacrificíos em estrelas da WWE. Na WrestleMania XV lutou contra The Big Boss Man em um Hell in a Cell e venceu após aplicar um Tombstone Piledriver. O Ministry of Darkness se fundiu para fazer a Corporate Ministry. Durante esse tempo, The Undertaker foi reservado para derrotar Steve Austin e se tornar pela 3º vez WWE Championship com a ajuda de Shane McMahon que foi o arbitro especial da luta. Defendeu o Título com sucesso contra The Rock. Mas perdeu para Steve Austin, num First Blood. Depois de perdeu o título, The Undertaker fundiu o grupo Satânico e teve uma certa rivalidade contra os McMahon's.
Undertaker fez dupla com The Big Show e por duas oportunidades, ganharam o WWE Tag Team Championship. O grupo se fundio depois de Undertaker sofrer uma lesão.

[editar] American Bad Ass (2000-2003)

Undertaker voltaria a lutar na WrestleMania 2000, porém uma lesão no bíceps em Fevereiro de 2000 atrasou seu retorno até Maio. A personalidade de Undertaker estava drasticamente modificada quando ele retornou no Judgment Day de 2000, passando a utilizar o "Last Ride" como o último golpe nas lutas, deixando de lado o Tombstone Piledriver, que era sua grande marca e sinônimo do seu estilo. Undertaker de qualquer forma, parecia ter virado um humano vivo novamente (Kayfabe).
No King of Ring de 2000, formou uma equipe com The Rock e Kane para derrotar a equipe formada por Triple H, Shane McMahon e Mr. McMahon. Mais tarde, se juntou a Kane para ganhar o campeonato de duplas, onde derrotaram Edge e Christian, porém perderam o título algumas semanas depois.
Undertaker então desafiou Kurt Angle no Survivor Series de 2000, porém foi derrotado após interferência do irmão de Kurt. Na revanche ocorrida no Armageddon de 2000, Undertaker acabou sendo derrotado por Kurt novamente em um Hell in a Cell de 6 lutadores.
Em 2001, Undertaker se juntou a Kane para formar a dupla conhecida como Brothers of Destruction, tiveram um oportunidade de título disputando o No Way Out, fazendo frente a Edge e Christian e aos então campeões, os Dudley Boyz, em um Tables match. Os Brothers of Destruction dominaram quase todo o combate mas não saíram campeões.
Depois que derrotou Triple H na WrestleMania X-Seven, ele e Kane continuaram atacando HHH que formou uma surpreendente aliança com Steve Austin, no Backlash de 2001, Undertaker e Kane venciam Edge e Christian, mas Triple H apareceu com martelo e golpeou Kane, fazendo com que os Brothers of Destruction perdessem o título. Com Kane lesionado, Undertaker perdeu para Austin no Judgment Day de 2001.
Undertaker e Kane derrotaram Diamond Dallas Page e Kanyon no SummerSlam 2001, e no Survivor Series 2001 formou equipe com Kane, The Rock, Chris Jericho, e The Big Show para derrotar Stone Cold Steve Austin, Booker T, Rob Van Dam, Shane McMahon e Kurt Angle. Durante a luta, Undertaker forçou o comentarista Jim Ross a beijar o traseiro de Vince McMahon. Era o surgimento do seu novo personagem, "Big Evil", onde deixou o seu longo cabelo curto.
Undertaker durante o seu personagem "Big Evil"
Undertaker massacrou Maven atrás do cenário, depois de ter sido surpreendente eliminando por ele no Royal Rumble 2002. Os dois voltaram a lutar no No Way Out, mas Undertaker perdeu novamente após um interferência de Ric Flair. Undertaker então desafia Flair para lutar na WrestleMania X8, ele vence aplicando um Tombstone Piledriver em Flair, depois de uma verdadeira batalha no ringue, chegando assim a sua 10ª vitória seguida na WrestleMania.
No Backlash de 2002 derrotou Steve Austin, depois ajudou Hulk Hogan a derrotar Triple H, e derrotou Hogan no Judgment Day de 2002 pelo seu 4º título da WWF. The Undertaker mudou de personalidade depois de enfrentar Jeff Hardy em uma Ladder match, levantando a mão de Hardy depois do combate em sinal de respeito. Depois de vencer Test no SummerSlam 2002, Undertaker desafiou Brock Lesnar em um combate pelo título no Unforgiven 2002, mas a luta terminou com uma dupla desclassificação. No final do ano, no No Mercy, Undertaker foi derrotado por Brock Lesnar em uma Hell in a Cell, valendo o título. Durante o combate, Undertaker se lesionou após ser lançado para fora do ringue.
Undertaker, após uns meses fora, voltou no Royal Rumble 2003 e quase ganhou, mas acabou sendo eliminado por Brock Lesnar. No No Way Out, Undertaker venceu The Big Show após fazê-lo desistir com um Triangle Choke. Por isso, Big Show desafiou Undertaker para um combate na WrestleMania XIX. Taker aumentou seu recorde na WrestleMania para 11 - 0 depois de derrotar A-Train e Big Show, numa Handicap match. Logo após, participa do torneio do Backlash 2003, para tentar se tornar o Number 1 Contender pelo WWE Championship. Undertaker vence facilmente Rey Mysterio, mas perde para John Cena, depois de vários lutadores virem ao auxílio de Cena e atacarem Taker com cadeiras. Undertaker, frustrado, desafia Cena para um combate no Vengeance e vence, após aplicar um Last Ride. No final do ano, Undertaker derrotou Brock Lesnar e Big Show em uma No Disqualification match. Após o combate, Taker desafia Vince McMahon para uma Buried Alive Match no Survivor Series 2003. Taker ganhava a luta, jogara McMahon no buraco, mas quando foi jogar a terra, houve uma explosão no trator e quem saiu de lá não foi nada mais nada menos que Kane. Kane ajudou McMahon, e este enterrou vivo Undertaker.

[editar] Retorno ao Deadman (2004-2007)

No Royal Rumble 2004, o gongo de Undertaker tocou no número 13, mas não foi ele que saiu de lá, foi Spike Dudley, que levou um ataque de um enfurecido Kane e não conseguiu entrar. Então, na WrestleMania daquele ano, Kane se envolveu em um combate com Undertaker cujo Taker venceu após aplicar um Tombstone Piledriver.
Logo após, no The Great American Bash, Taker enfrentou os The Dudley Boyz e venceu. Logo após isso, encheu de cimento uma cabine com seu manager Paul Bearer dentro. Após esse acontecimento, Taker buscou JBL, e começou uma caçada pelo seu título. JBL conseguiu escapar das tentativas, mas no No Mercy 2004, Heidenreich ajudou JBL a vencer a luta. Undertaker então desafiou Heidenreich no Survivor Series 2004, e o venceu após um Tombstone.
No Armageddon 2004, Taker perdeu mais uma chance pelo WWE Championship, após acertar Booker T com um Chokeslam e JBL acertar Booker com um Clothesline from Hell e fazer o pin. Durante a luta, Heidenreich atacou Undertaker duas vezes, o que ocasionou um combate entre os dois no Royal Rumble 2005.
No Royal Rumble 2005, Taker derrotou Heidenreich numa Casket Match, onde Snitsky ajudou Heidenreich e Kane ajudou Taker. Após isso, durante uma luta contra JBL, Randy Orton o atacou e lhe aplicou um RKO. Orton o desafia no WrestleMania 21, o palco onde Undertaker se mantém invicto. Undertaker venceu após um Tombstone Piledriver.
Orton e Taker apresentaram uma das maiores feuds de todos os tempos, no SummerSlam 2005. Bob Orton Jr., o pai de Randy Orton, distraiu Undertaker, e Randy aproveitou isso para aplicar um RKO. No No Mercy, os dois se enfrentaram novamente, numa Handicap Casket Match, com Bob Orton Jr. como parceiro de Randy. Os Orton venceram e após colocarem Undertaker no caixão.
No Survivor Series 2005, após Orton eliminar Shawn Michaels com um RKO e ganhar a luta, Undertaker surge de um caixão em chamas, e destrói a comemoração de Orton. Os dois se enfrentaram no Armageddon 2005 numa luta Hell in a Cell. Undertaker venceu após uma luta sofrida, depois de aplicar um Tombstone à Orton.
Undertaker na WrestleMania 22
Em 2006, no Royal Rumble, após Kurt Angle reter seu World Heavyweight Championship, Undertaker surgiu e entrou atingiu o ringue com relâmpagos e causou um colapso. Ele dissera que desafiaria Angle pelo World Heavyweight Championship. No No Way Out 2006, os dois se enfrentaram, mas Angle acabou retendo seu título. Na WrestleMania 22, Taker enfrentou Mark Henry numa Casket Match e o venceu, após um Tombstone Piledriver, aumentando seu recorde para 14-0 na Wrestlemania. No Judgment Day, acabou perdendo para a mais nova estrela da WWE, The Great Khali.
No The Great American Bash 2006, lutou na primeira Punjabi Prison Match, contra Big Show. Undertaker venceu após aplicar um Superplex em Show e sair da jaula.
Então, com a ida de Kane para a SmackDown, Undertaker voltou com os Brothers of Destruction, com os dois fazendo feud com Montel Vontavious Porter e Mr. Kennedy. Undertaker perdeu muitos combates para Kennedy, mesmo que em alguns, Undertaker foi desclassificado. No Survivor Series 2006, enfrentou Kennedy numa First Blood Match, mas perdeu, após uma interrupção de MVP. No Armageddon, Undertaker e Kennedy lutaram novamente, numa Last Ride Match. Undertaker venceu o combate.

[editar] World Heavyweight Championship (2007-2008)

Em 2007, Taker venceu pela primeira vez o Royal Rumble. Depois de uma luta sofrida, ele venceu após eliminar por último Shawn Michaels. Ganhando uma chance pelo World Heavyweight Championship, Taker entrou em uma feud com Batista. Numa edição da RAW, enfrentaram os Rated-RKO, vencendo após um Tombstone de Taker à Edge. Depois da luta, John Cena e Michaels atacaram Undertaker e Batista, o que acabou culminando em um combate no No Way Out 2007, onde Cena e Michaels ganharam. Após, Batista aplicou em Taker o Spinebuster, Michaels o Sweet Chin Music e Cena o F-U.
Na WrestleMania 23, Undertaker venceu Batista, conquistou o World Heavyweight Championship e aumentou seu recorde para 15-0. Enfrentou Batista novamente no Backlash 2007, numa Last Man Standing Match, onde acabou em um Duplo KO, o que significou que Undertaker reteve o título. Na SmackDown seguinte, Taker enfrentou Batista novamente, mas novamente resultou num empate, quando ambos lutadores saíram da jaula ao mesmo tempo. Mas, Mark Henry após a luta, entrou em cena e atacou Taker. Para piorar a noite para ele, o Mr. Money in the Bank Edge, depositou o dinheiro do contrato para uma luta contra Undertaker pelo WHC.Undertaker saiu do pin muitas vezes mas Edge venceu após um Spear.
Undertaker ficou desaparecido por um tempo, voltando no Unforgiven 2007, vingando-se de Mark Henry. Depois, enfrentou Batista para pegar novamente o seu WHC. No Cyber Sunday, Taker perdeu para Batista, coisa que se repetiu no Survivor Series 2007, numa luta Hell in a Cell, quando Taker fez um Tombstone nos degraus de aço e Edge atacou Taker com uma câmera e colocou a mão de Batista sobre o peito de Taker. Como resultado, Batista reteve o Título Mundial de Pesos-Pesados.
Na outra semana, no Cutting Edge, Batista foi o convidado. Depois da saída de Batista, Taker voltou e aplicou um Tombstone à namorada de Edge, a gerente da SmackDown Vickie Guerrero. Passando-se as semanas, Edge e Batista se enfrentaram pelo World Heavyweight Championship, mas Taker interferiu e tentou atacar Edge, mas Batista fez Edge escapar. Irritado, Undertaker fez um Chokeslam à Batista. No Armageddon 2007, Edge ganhou o WHC após pinar Batista depois de um Tombstone de Taker.
The Undertaker fazendo sua entrada ao ringue

Depois de uma reestréia no SmackDown, Undertaker se rivalizou com Edge e Vickie Guerrero, pois Undertaker ganhou no No Way Out Elimination Chamber na qual o vencedor ganhava a chance de lutar pelo titulo mundial, Undertaker venceu a luta contra Batista, MVP, Finlay, Big Daddy V e o Great Khali. Edge manipulava todas as suas lutas contra Undertaker, aumentando assim ainda mais a rivalidade entre os dois. A briga de ambos seguiu até ser marcada uma disputa pelo World Heavyweight Championship na WrestleMania XXIV, onde Undertaker acabou derrotando Edge e elevando seu recorde histórico para 16-0. Mas Edge ficou inconformado com sua derrota e a perda do cinturão e com a ajuda de Vickie, ordenou lutas contra Kane e Batista, onde Taker atacou Edge na platéia e acabou recebendo uma punição. Na semana seguinte, Undertaker foi obrigado novamente a colocar o título em jogo contra Batista, mas a luta teve intervenção de Shawn Michaels que após acertar um Sweet Chin Music em Batista e deu a vitória para Taker, assim estava marcado mais um encontro entre ele e Edge, no Backlash, e mais uma vez Taker derrotou Edge aplicando o Hell´s Gate, mesmo golpe que usou para vencer a luta do WrestleMania. Na SmackDown do dia 2 de maio, a namorada de Edge Vickie Guerrero tornou o título vago porque achou que o Hell´s Gate era muito perigoso para ser usado no ringue. No Judgment Day Undertaker venceu Edge por contagem, mas Vickie apareceu e disse que o título não podia ser decidido por contagem. No One Night Stand de 2008, Undertaker enfrentou Edge em uma TLC Match. No decorrer da luta Chavo Guerrero, Bam Neely, Curt Hawkins e Zack Ryder interferiram ao favor de Edge. Edge, conseguiu se aproveitar e venceu o combate se tornando o novo World Heavyweight Champion. Pela estipulação pré-determinada da luta, Undertaker foi forçado a abandonar a WWE (kayfabe).
Em 25 de julho no programa WWE Friday Night SmackDown, a gerente geral Vickie Guerrero anunciou a volta de Undertaker à WWE no SummerSlam onde enfrentara Edge em um combate Hell in a Cell..[5] Undertaker venceu, após um Chokeslam de cima da escada.[6][7] Na SmackDown seguinte, Vickie Guerrero pediu para Undertaker perdoá-la por tudo que o fez, mas Undertaker prometeu vingança no Unforgiven.
No Unforgiven, Undertaker iniciou nova feud com Big Show, após este atacar Undertaker para defender Vickie. Eles lutaram no No Mercy, onde Big Show venceu por KO,[8] mas Taker deu o troco derrotando Show no Cyber Sunday, onde aplicou o Hell's Gate em uma Last Man Standing match.
No Survivor Series, Undertaker lutou novamente contra Big Show numa Casket Match, na qual saiu vencedor após lançar Big Show para dentro de um caixão. Na SmackDown seguinte houve uma Steel Cage match entre os mesmos, luta na qual Undertaker venceu após um Hell's Gate.

[editar] Feud com Shawn Michaels, Cm Punk e Kane (2009-2010)

Undertaker no Wrestlemania XXV
Undertaker apareceu no programa de 02 de janeiro da Smackdown quando Jim Ross fazia um anúncio, do qual Shelton Benjamin se encontrava no ringue, disse que ninguém seria capaz de pará-lo, então ouve-se uma voz dizendo "acho que você se esqueceu de alguém", a voz é de Undertaker que aparece e aplica um Chokeslam em Shelton. Undertaker iniciou uma pequena feud com Shelton, foram duas lutas vencidas por Undertaker (no mesmo ano, 2009, Undertaker derrotou Shelton Benjamim mais uma vez só que fora da feud). No programa Royal Rumble 2009, Taker foi eliminado do combate Royal Rumble por Big Show. Um mês depois, no No Way Out, participou da Elimination Chamber da SmackDown, valendo o WWE Championship. Nesta luta, Undertaker foi o último a entrar, porém sofreu um pinfall de Triple H, após este ter revertido um The Last Ride para um Pedigree.
Na WrestleMania XXV, Undertaker foi desafiado por Shawn Michaels. Numa luta sofrida, Undertaker levou dois Sweet Chin Music, um elbow drop e quase perdendo a luta por count-out, The Undertaker derrotou Shawn Michaels com um Chokeslam, um The Last Ride e dois Tombstone Piledriver, mantendo sua invencibilidade no evento, que alcançou a incrível marca de 17 vitórias, e nenhuma derrota (17-0). No dia 16 de abril, na primeira edição do WWE Superstars, The Undertaker derrotou Matt Hardy por count-out e se tornou o primeiro vencedor da edição do programa. No Smackdown de 24 de Abril, ele perdeu de Big Show por nocaute, com um erro do árbitro.
Undertaker se lesiona em maio de 2009. Rumores conta que após aplicar um Suicide Dive por cima da terceira corda em Shawn Michaels, na WrestleMania XXV (que acabou acertando Sim Snuka), Callaway sentiu dores. Teve dificuldades para lutar, apareceu em algumas lutas, mas se submeteu a uma cirurgia, ficando inativo no wrestling profissional até sua recuperação. No SummerSlam 2009, Undertaker faz um breve retorno aplicando um Chokeslam em CM Punk após este ganhar o World Heavyweight Championship de Jeff Hardy no evento principal Tables, Ladders & Chairs Match. Em um episódio da Smackdown, CM Punk lutou contra Jeff Hardy em uma Steel Cage match pelo World Heavyweight Championship, e para ver quem seria o desafiante de Taker no pay-per-view WWE Breaking Point pelo World Heavyweight Championship num Submission Match. Teve seu retorno definitivo em outro episódio da SmackDown, aplicando outro Chokeslam em CM Punk enquanto este lutava contra Matt Hardy. Esse chokeslam foi direcionado para a mesa dos comentadores do Smackdown,Jim Ross e Todd Grisham.
No WWE Breaking Point, Undertaker aplicou o Hell's Gate ganhando o título mas, Teddy Long aparece e diz que o Hell Gate foi banido das competições e pede para reiniciar a luta mesmo Taker tendo ganho o titulo. CM Punk se aproveitou e logo após aplicar o Anaconda Vise, o árbitro encerrou a luta mesmo sem Untertaker desistir, de modo semelhante ao infâme Montreal Screwjob. Na Smackdown seguinte, Teddy Long aparece com seus seguranças e falou que tudo não passou de uma conspiração para Undertaker não ganhar o título e que queria pedir desculpas pessoalmente. Depois de que saiu do SmackDown, Long entrou na sua limusine e disse ao motorista para sair, então tudo se trancou e quem estava lá? The Undertaker. Teddy gritava por socorro e ninguém o ouvia. Então Taker levou Teddy para dar um passeio no inferno. Na SmackDown seguinte Teddy é trazido dentro de um caixão. Enquanto era trazido, Punk fazia seu discurso quando se assustou com o caixão. O caixão é aberto, e Teddy diz que o Hell's Gate estava liberado e que enfrentaria Taker no Hell in a Cell. No 10º aniversário da SmackDown, Undertaker se une a D-Generation X e John Cena para derrotar CM Punk e a The Legacy.
No Hell in a Cell, Undertaker derrota CM Punk num combate na jaula, valendo o título World Heavyweight Championship, que durou pouco mais que dez minutos. Undertaker vence após um Tombstone Piledriver.
Em um epísodio da SmackDown, Vince McMahon anunciou que Undertaker defenderia seu título numa Fatal-4-Way Match contra CM Punk, Rey Mysterio e Batista no WWE Bragging Rights. No evento, Undertaker aplicou dois Chokeslans e um Hell's Gate em Batista, um The Last Ride em CM Punk e consigou a vitória com um Tombstone Piledriver seguido de um Pinfall em Batista, defendendo o seu título.
No dia 13 de novembro no WWE Friday Night SmackDown, Undertaker enfrentou pela primeira vez Chris Jericho já que Chris falava que Taker não era um homem morto, e sim, que era um homem normal que fazia lavagem cerebral nas pessoas. Taker venceu a luta com um Hell's Gate e depois disso, Big Show ataca Taker que acaba levando um chokeslam e um Walls of Jericho, mas Kane aparece para defender seu irmão. No SmackDown seguinte, The Brothers of Destruction lutaram contra Big Show e Chris Jericho em uma luta de duplas, que teve seu final como No-Contest, após Jericho pegar o WHC de Undertaker e correr para o backstage.
No Survivor Series, Undertaker colocou o seu titulo em jogo numa Triple Threat Match contra Chris Jericho e Big Show, e venceu após reverter um Chokeslam de Big Show em um Hell's Gate, já que Chris Jericho foi nocauteado por um K.O Punch de The Big Show. No dia seguinte, Undertaker se recuperava de uma lesão na boca, após Big Show "botchar" um K.O Punch em Taker na noite anterior.
No PPV WWE TLC: Tables, Ladders & Chairs, Undertaker colocou em jogo seu título contra Batista em uma chair match, no qual obteve a vitória após um Tombstone Piledriver. Na luta, Batista aproveitou a distração do arbitro e aplicou um Low Blow (golpe proibido na empresa) e um Chair Shot para ganhar a luta; Batista teve sucesso no pin, mas Teodore Long estava assistindo a luta e viu a trapaça, anunciando uma rematch na mesma hora,que assim Undertaker conseguiu obter a vitória.
The Undertaker VS Rey Mysterio no Royal Rumble em Janeiro de 2010.
No Royal Rumble, Undertaker venceu Rey Mysterio após um The Last Ride, retendo assim o World Heavyweight Championship. Na luta, Undertaker levou dois 619's e um Droppin' The Dime, tanto que chegou a sangrar o nariz em um dropkick. No Elimination Chamber, Undertaker lutou em uma Elimination Chamber match, em jogo estava seu titulo contra Chris Jericho, CM Punk, John Morrison, R-Truth e Rey Mysterio. Jericho foi vencedor após o Shawn Michaels interferir a luta e aplicar um Sweet Chin Music em Undertaker. Na WrestleMania XXVI, Undertaker lutou novamente contra Shawn Michaels. Mas desta vez, se Michaels perdesse, ele se retirava do wrestling. No WrestleMania, em uma luta paralela, onde ambos ficaram acabados e resistiram até o útimo instante, Micheals resistiu pela primeira vez o Hell's Gate, golpe final de Undertaker que ninguem até então havia resistido sem tocar nas cordas. Undertaker venceu Shawn Michaels após Aplicar seu 3º Tombstone na luta, assim aumentando seu recorde para 18-0. Depois da luta, Undertaker levanta Shawn Michaels, e comprimenta como o sinal de respeito.
Após a WrestleMania, Undertaker faz sua ultima aparição na Raw tendo uma luta com Jack Swagger mas sem a aposta de cinturão e ganhou após um Tombstone Piledriver. Após isso Undertaker entra em um período de recuperação por causa de lesões como a de sua perna que piorou após Shawn Michaels bater nela inúmeras vezes na Wrestlemania XXVI. Sua volta era um mistério porem no dia 17 de maio de 2010 na luta de Edge contra Christian poucos dias antes do Over de limit, Undertaker volta dando um Chokeslam em Edge marcando assim o seu retorno. Na Smackdown, Undertaker teve uma qualificatória contra Rey Mysterio e ganha após um Tombstone Piledriver. Na edição da Smackdown do dia 4 de Junho de 2010 foi dito que no Memorial Day Undertaker foi encontrado em estado vegetativo ou mesmo morto. Mas na verdade ele estáva se recuperando de um combate contra Rey Mysterio onde Undertaker se lesionou e ficou inativo. Undertaker voltou no Summerslam atacando Kane por o mesmo ter o deixado em estado vegetativo, e tenta dar um Chokeslam a Kane, mas o mesmo inverte dando um Tombstone Piledriver a Undertaker. Em uma edição da SmackDown, Kane desafia Undertaker para um combate no WWE Night of Champions valendo o World Heavyweight Championship. Na SmackDown, Undertaker desafia Kane para uma No Holds Barred no WWE Night of Champions. Em outra edição do SmackDown, Kane aceita e provoca Undertaker. Logo após, Undertaker entra no ringue e luta com Kane, mesmo assim Kane, o nocauteia com um Chokeslam e um Tombstone Piledriver. No PPV Night of Champions 2010 The Underaker lutou contra seu meio-irmão Kane pelo World Heavyweight Championship em uma No Holds Barred Match, mas ele perdeu. No PPV Hell in a Cell desse ano, Undertaker enfrentará Kane novamente pelo World Heavyweight Championship em uma Hell in a Cell match. Antes do Hell in a Cell, teve uma uma luta contra CM Punk e ganhou após um Tombstone Piledriver. Nesse mesmo dia, ele atacou Kane e aplicou um Chokeslam. No Hell in a Cell, Undertaker lutou contra Kane e perdeu novamente porque Paul Bearer traiu Undertaker e Kane aplicou o Chokeslam para ganhar a luta. Após o Night of Champions 2010, Kane e Undertaker ainda tinham uma feud. Então Kane resolveu desafiar Undertaker no PPV WWE Bragging Rights em uma Buried Alive Match pelo World Heavyweight Championship com Paul Bearer como manager de Kane. Durante as semanas Undertaker e Kane se confrontaram em vários shows da SmackDown. No Bragging Rights Undertaker perdeu novamente para Kane, após a interferência dos NEXUS. Undertaker está com uma lesão no Ombro, e a sua Storlyne de que está morto, continuará até o seu retorno.

[editar] Retorno e feud com Triple H (2011- Presente)

Undertaker retornou na Raw do dia 21 de Fevereiro. No entanto seu retorno foi interrompido pelo também regressante Triple H, que também estava fora durante varios meses. Ambos lutadores ficaram olhando para a marquiz da WrestleMania. Undertaker fez o seu famoso gesto para Triple H, mas em troca levou uma Taunt DX de Triple H, indicando o seu desagrado a aposentadoria de Shawn Michaels, que foi causada por Undertaker. Na Raw do dia 07 de Março, Undertaker afirmou que o seu combate contra Triple H na WrestleMania, será uma No Holds Barred match. Na Wrestlemania XXVII, Undertaker venceu Triple H por Submission (Hell's Gate), porém, após a vitória, teve de sair do ringue carregado por uma maca , poderia ser uma storyline , mas existiram noticias de que ele sofreu um infarte após a luta e a mesma terminou antes do previsto. Undertaker saiu de cena, e até agora não retornou às atividades da WWE, pois ainda não está 100% recuperado de sua cirurgia no ombro e com isso após a Wrestlemania ele voltou a enfrentar mais um tempo de fisioterapia.

[editar] No Wrestling

The Undertaker aplica o Old School em Heidenreich.
Tombstone Piledriver sendo aplicado por Undertaker em Ric Flair.
  • Managers
    • General Skandor Akbar
    • Paul Bearer (WWF/E) (1991-1996/1998-1999/2004/2010)
    • Paul Heyman (WCW) (1990)
    • Theodore Long (WCW) (1990)
    • Brother Love (WWF) (1990/1991)
    • Dutch Mantell
    • Downtown Bruno
    • Chuck Norris
  • Apelidos
    • "The Phenom"[9]
    • "The Deadman"[9]
    • "The American Bad Ass"[9]
    • "Booger Red"[9]
    • "The Red Devil"[9]
    • "Big Evil"[9]
    • "The Lord/Ministry/Price of Darkness"[10][11]
    • "The Legendary Phenom"[11]
    • "The Demon from/of Death Valley"
    • "The Conscience of the WWF/E[11]
    • "The Prince of Darkness"[11]
    • "The Man from the Darkside"[11]
    • "The Big Dog of the Yard"[11]
    • "The Indestructible Force"[11]
    • "Deadman Inc."[11]
    • "Reaper"[11]
    • "Taker"[11]
    • "Master of Mind Games"[11]
    • "The Man Who Cannot Be Destroyed"[11]
    • "The King of WrestleMania"[11]

Nome do grupoDuraçãoMembros
Brothers of Destruction1998 - 2010Undertaker e Kane
The UnHoly Alliance1999Undertaker e Big Show
The Ministry of Darkness1998 - 1999Undertaker, Vince McMahon (membro secreto), Edge, Christian, Gangrel, Mideon, Bradshaw, Faarooq, Viscera, e Paul Bearer
The Corporate Ministry1999Undertaker, Vince McMahon, Triple H, Bradshaw, Faarooq, Chyna, Mideon, Big Bossman, Paul Bearer, The Mean Sreet Posse, Viscera e Shane McMahon

  • Série na WrestleMania

WrestleManiaRecordeAdversárioObservações
WrestleMania VII (1991)1-0Jimmy Snuka
WrestleMania VIII (1992)2-0Jake Roberts
WrestleMania IX (1993)3-0Giant GonzálezDQ
WrestleMania XI (1995)4-0King Kong BundyLarry Young foi árbitro especial
WrestleMania XII (1996)5-0Diesel
WrestleMania 13 (1997)6-0Sycho SidNo DQ Match pelo WWF Championship
WrestleMania XIV (1998)7-0Kane
WrestleMania XV (1999)8-0The Big Boss ManHell In A Cell Match
WrestleMania X-Seven (2001)9-0Triple H
WrestleMania X8 (2002)10-0Ric FlairNo DQ Match
WrestleMania XIX (2003)11-0Big Show & A-Train2-On-1 Handicap Match
WrestleMania XX (2004)12-0Kane
WrestleMania 21 (2005)13-0Randy Orton
WrestleMania 22 (2006)14-0Mark HenryCasket Match
WrestleMania 23 (2007)15-0BatistaWorld Heavyweight Championship Match
WrestleMania XXIV (2008)16-0EdgeWorld Heavyweight Championship Match
WrestleMania 25th Anniversary (2009)17-0Shawn Michaels
WrestleMania XXVI (2010)18-0Shawn MichaelsStreak vs Career No Holds Barred Match
WrestleMania XXVII (2011)19-0Triple HNo Holds Barred Match

[editar] Outras mídias

Callaway participou do seriado Poltergeist: The Legacy, como Soul Chaser, usando as mesmas características de Undertaker; e também fez parte do filme Suburban Commando, junto com Hulk Hogan. Dublou seu personagem, Undertaker, num especial de Halloween do Celebrity Deathmach, em 1999. Além disso, Brian Lee interpretou o "Undertaker Impostor" no filme de Bollywood, Khiladiyon Ka Khiladi (1996).
Em 1998, a editora americana Chaos! Comics, lança as histórias em quadrinhos sobre The Undertaker. Os quadrinhos mostra a origem do coveiro morto-vivo Undertaker, o líder da prisão infernal Stygian, e também, sua relação com seu pior inimigo chamado O Embalsamador (The Embalmer). Os quadrinhos continha com a participação de Kane, Mankind e Paul Bearer.
Em 2005, o escritor Michael Chiappetta escreveu o livro "Journey into Darkness", que relata a relação kayfabe entre os irmãos Kane e Undertaker.

[editar] Títulos e Prêmios

  • United States Wrestling Association
  • Campeão Mundial Unificado de Pesos-Pesados da USWA (1 vez)[15]
  • World Class Wrestling Association
  • Campeão Texas de Pesos-Pesados da WCWA (1 vez)[16]
  • Wrestling Observer Newsletter awards

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário